Dúvida Entre Franquia ou Negócio Próprio? Veja Como Acertar na Escolha e Ter Sucesso em Seu Negócio

franquia ou negócio próprio _ capa blog

Avalie o artigo

A escolha entre franquia ou negócio próprio deve ser pautada sobre dois fatores: perfil de empresário e experiência de mercado. Para quem vai abrir seu primeiro negócio o setor de franchising é o caminho mais indicado para se obter sucesso e aprendizado. Saiba como não errar na sua decisão.

A decisão de empreender sempre gera muitas dúvidas para os empresários.

Talvez a principal delas seja a escolha do modelo de negócio a se adotar: franquia ou uma marca própria.

Nesse momento alguns fatores devem ser considerados e a sua decisão pode significar o sucesso ou o fracasso do seu negócio.

A prova disso está em um levantamento feito pelo Sebrae sobre a taxa de mortalidade de novas empresas.

Entre as marcas próprias, 33% delas fecharam as portas nos dois primeiros anos de atividade.

Já no setor de franquias tradicionais essa taxa foi de apenas 5%.

Quais são as causas para essa grande diferença? Falta de conhecimento.

Com a recente retomada da economia brasileira, o momento é propício para quem deseja empreender.

Conheça as diferenças sobre os dois modelos e saiba como escolher o certo para você.

Franquia ou Negócio Próprio: Qual Escolher?

Na dúvida entre franquia ou negócio você precisa analisar duas coisas: seu perfil de empresário e a sua experiência de mercado.

Existem dois tipos de empresários, aqueles que escolhem empreender por oportunidade e aqueles que o fazem por necessidade.

Ou seja, empresários que escolhem empreender por oportunidade são aqueles que já possuem um amplo conhecimento de mercado.

Assim, conseguem identificar a chance para um novo negócio com oferta de diferencial no mercado ou mesmo para atender um determinado nicho de consumidores.

Já os empresários por necessidade são aqueles que, por um motivo ou outro, decidem começar uma carreira de empreendedor em um novo negócio.

Na maioria das vezes, a sua experiência de mercado é pouca e nem mesmo sabem ao certo em qual segmento investir.

Vemos então que, geralmente, os dois fatores de decisão estão ligados.

Para solucionar essa questão, a pergunta que você precisa se fazer é:

Tenho conhecimento na área ou preciso buscar um know how já testado e aprovado?

É preciso que você avalie se está pronto para abrir seu negócio do zero, literalmente, ou se prefere embarcar em um negócio formatado, porém testado e mais propício ao sucesso.

Para marinheiros de primeira viagem, o modelo de franquia pode significar um fator de maior importância para o seu negócio: segurança.

Além disso, pode também trazer muito conhecimento na constituição e gerenciamento de uma empresa.

Assim, com essa bagagem ele estará muito mais preparado para, no futuro, investir em um negócio de marca própria.

Diferenças e Vantagens de Cada Modelo de Negócio

Para analisar as diferenças e vantagens que cada modelo devemos levar em consideração três fatores: forma de atuação, custos e tempo de retorno do investimento.

Forma de atuação

No modelo de negócio próprio, você tem a liberdade para tocar a sua empresa e a flexibilidade para atuar da forma como desejar.

Isso, no entanto, é uma “faca de dois gumes”, pois você passa a assumir todos os riscos do seu negócio.

Ou seja, será de sua responsabilidade realizar todo o planejamento prévio e a gestão empresarial da sua empresa, que envolvem:

  • Definição do ponto comercial;
  • Levantamento de informações de mercado (consumidores e fornecedores);
  • Definição de capital de giro;
  • Identificação de concorrentes;
  • Definição do plano de negócios;
  • Estratégia de marketing;
  • Inovação (lançamento de novos produtos ou serviços);
  • Acompanhamento de mercado.

No modelo de franquia todos esses itens já foram devidamente analisados e testados pelo franqueador, e o seu negócio já vem formatado para o sucesso.

No entanto, existe menos liberdade para atuar e você precisará seguir algumas regras e padrões na gestão de sua unidade.

Custos

Os custos de abrir um negócio próprio são relativamente mais baixos do que adquirir uma franquia.

Isso porque, no franchising, existe o pagamento de algumas taxas, como a taxa de franquia e os Royalties, por exemplo.

No entanto, é preciso considerar o custo-benefício desse valor investido, já que ele retorna para você através do know how que lhe é repassado durante toda a sua atuação.

Ou seja, você investe não só no uso da marca, mas no seu constante crescimento que reflete em muito mais resultados ao seu negócio.

Retorno do Investimento

Esse é um grande diferencial na hora de escolher entre uma franquia ou negócio próprio.

Quando você adquire uma franquia, você já tem definido para o seu negócio esse prazo de retorno do investimento (chamado também de Payback).

Por estarem consolidadas e possuírem estudo de mercado, as franqueadoras já entregam uma projeção de vendas.

Assim, conseguem também estabelecer uma média desse retorno, que pode ser de 18 meses.

Evidentemente que, quanto maior o valor da franquia e o capital investido, maior será o tempo de retorno.

Quando você opta pela marca própria, você inaugura o seu negócio sem esse prazo definido.

É possível, no planejamento, traçar projeções de faturamento e investimento, e assim estimar um retorno do negócio.

Mas você só irá conseguir definir esse payback com maior precisão após um ano de atividade.

É quando você poderá calcular o total que foi investido sobre o total do seu lucro líquido no ano e, assim, obter uma ideia do retorno sobre o seu investimento.

Grupo 10x

Mas, não é porque o modelo de franquia seja o mais indicado no seu caso que você deve investir na primeira que aparecer.

A escolha de se tornar um franqueado também exige muito conhecimento.

Portanto, estude o mercado, estude a marca, veja quem está por trás do negócio e, principalmente, o tipo de suporte que você irá ter.

Com 6 marcas consolidadas entre os mais diversos segmentos do mercado, o Grupo 10x é uma opção certa para quem busca uma franquia de sucesso.

São mais de 400 unidades em operação, estabelecidas nos melhores e mais conceituados pontos comerciais do Brasil.

O faturamento mensal com uma das marcas pode chegar a R$200 mil, com investimento inicial a partir de R$149 mil e tempo médio de retorno de 18 meses. 

Clique no botão abaixo e saiba mais sobre as marcas do Grupo 10x e como você pode se tornar um franqueado.

franquia ou negócio próprio _ botão

Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo