Franquias Para Shopping: A Conta Que Você Precisa Fazer

franquias para shopping

Avalie o artigo

Franquias para shopping levam fama de terem custos maiores com instalações e condomínio. Mas, a estratégia pode valer a pena considerando fatores como fluxo de pessoas, perfil de cliente, volume de venda, além de todos os valore agregados de status, conforto e segurança. Se vale a pena pra você? Confira!

 

Escolher sua marca e investir seu dinheiro em um negócio lucrativo e com potencial de crescimento pode ser uma tarefa desafiadora. 

E quando o fator shopping entra para a conta, os cálculos com custos e estimativas de faturamento devem ser colocados na ponta do lápis. 

Mas, atenção, não caia no senso comum, uma franquia em shopping pode valer muito a pena e faturar até 3x mais do que lojas em rua. 

Faça as contas e leve em consideração esses critérios que vamos te contar agora!

 

O mercado de franquias para shopping

 

Um estudo da Associação Brasileira de Franquias feito em 2019 mostrou a presença de franquias em shopping voltou a crescer. 

Um dado já bastante importante para quem está avaliando a oportunidade de abrir um  negócio neste estilo. 

A participação de franquias em shoppings foi de 21,5% em 2018 para 24,9% em 2019. 

E o mercado de franquias em geral teve crescimento e com projeções para 2020 favoráveis considerando um modelo de negócio com menos riscos e mais confiança no mercado. 

 

 

E os dados de faturamento dos shoppings não deixam dúvidas, segundo dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), os 577 shoppings associados alcançaram de R$ 193 bilhões em 2019. 

Um aumento de 7,9% em relação ao ano anterior. O crescimento superou a expectativa de 7% e também foi acima da média em relação ao varejo de rua,  cerca de 6%.

 

4 Critérios para escolher franquias para shopping 

 

Pela natureza da operação e do negócio, vale a pena, antes mesmo de decidir sua marca, estar consciente sobre algumas condições especiais para quem vai encarar um negócio dentro de centros comerciais. 

São eles: 

 

#1 Qual o suporte aos franqueados? 

 

O suporte ao franqueado é fundamental. 

Um ponto de relacionamento, um modelo de gestão compartilhada, fornecedores e treinamento. 

Tudo precisa fazer parte do plano de negócio da franqueadora e atender as necessidades dos seu parceiros com foco em excelência de atendimento e para alavancar o faturamento com estratégias estudadas. 

Pense que com o fluxo maior de pessoas, a tendência é ter maior consumo. 

E quanto maior o consumo, melhor precisa ser o processo com fornecedores e gestão de estoque. 

Uma operação que precisa funcionar 100% e com total apoio da franqueadora. 

 

#2  A margem de lucro é favorável? 

 

O faturamento de franquias para shopping é geralmente maior, mas não podemos deixar de colocar na ponta do lápis os custos com a operação. 

Com por exemplo, o condomínio e eventuais reformas e adequação do espaço. 

Uma marca reconhecida pode ser um caminho, mas antes observe em sua circular de oferta de franquia a margem de lucro estimada. 

Com um volume maior de faturamento, a despesa pode diminuir por vender mais com o mesmo custo. 

A lucratividade média considerada excelente para lojas em shopping fica em torno de 20%. 

 

#3  A franquia tem muitos concorrentes no segmento? 

 

Vamos considerar aqui que a performance de uma loja precisa considerar não só estar no segmento de alimentação, por exemplo. 

Mas a sua estratégia de concorrência pode ser exatamente a de destaque e diferenciação. 

Uma cafeteria e uma padaria estão no mesmo segmento de alimentação, mas e se for uma cafeteria com cafés e bebidas especiais? 

Você já viu o impacto que as famosas receitas de cookies americanos tiveram no Brasil? 

Eles ganharam os corações dos brasileiros e tiveram uma aceitação no mercado tão forte que hoje temos franquias especializadas em cookies e cafés especiais, assim como a DuckBill. 

Vamos contar mais sobre o seu plano de negócio para uma franquia em shopping , mas se quiser conhecer a história da marca, só ler este artigo aqui

 

Avalie os concorrentes, mas antes pense em inovação e foco na experiência do cliente.

 

#4 Qual o perfil de franqueado? 

 

Bom, o que temos para te contar não é muita novidade: os shoppings funcionam das 10h às 22h por 7 dias. 

Outra coisa a se pensar é na sua equipe. 

Você vai precisar ter  uma quantidade de funcionários para fazer rodízio entre folgas e finais de semana.

Alguns modelos de negócio não exige que você esteja alocado na loja o tempo todo, mas ainda assim o seu acompanhamento vai exigir muita gestão e organização. 

Os horários para fornecedores também demandam adequação às normas e lei do centro comercial. 

Em todo caso, todo plano de negócio precisa deixar claro qual o perfil de franqueado que a marca busca. 

E sobre as vantagens, afinal? 

Listamos algumas e você já pode ter uma noção de que um negócio em shopping tem muito mais pontos positivos e pode ser a porta de entrada para quem vai abrir seu negócio pela primeira vez

 

Vantagens de abrir uma franquia em shopping 

 

  • Fluxo de pessoas ✔️
  • Mais tempo no ambiente de compras ✔️
  • Mais segurança e conforto ✔️
  • Estacionamento ✔️
  • Volume de vendas é maior ✔️
  • Estratégias de divulgação e promoção promovidas pelo shopping ✔️
  • Horário de funcionamento ✔️
  • Acessibilidade ✔️
  • Payback pode ser mais rápido ✔️

 

Vamos te apresentar um exemplo de plano de negócio da franquia DuckBill, entre os vários modelos de loja, um deles é o para shopping. 

E vale lembrar que a DuckBill tem uma excelente margem de lucro devido a sua central nacional de compras direto com os fornecedores e em grandes quantidades. 

 

Qual o investimento em uma franquia para shopping 

 

Em 2016, antes mesmo do seu plano de expansão por franquias, o fundador da marca, o empresário Rafael Naves, inaugurou no Brasil a DuckBill – Cookies e Coffee Shop. 

A inspiração do seu sócio fundador veio durante uma viagem para Nova Iorque, onde conheceu modelos de negócios que operam com muito sucesso no segmento de cookies e cafés especiais.

Foram exatamente 42 receitas testadas! 

O objetivo era trazer o cookie com a massa e o sabor perfeito para o Brasil, além de uma experiência incrível dentro da DuckBill. 

Com o mercado de cafés especiais crescendo, o perfil de consumo mais focado em qualidade e produtos premium e ainda com uma combinação que caiu nas graças dos brasileiros: cookies e cafés. 

Foi em 2018 que uma nova etapa de expansão começou. 

 

O chamado Fresh Baked, que nada mais é do que assado na frente do cliente. 

Além deste conceito principal, são ainda características especiais da DuckBill: 

  • Produto bem recheado;
  • Matéria-prima selecionada;
  • Chocolate de altíssima qualidade e pedaços generosos;
  • Autêntica receita americana;
  • Feitos artesanalmente.

 

Aos futuros franqueados, vale dizer que a sua franquia de cafeteria foi pensada para ser uma experiência incrível. 

 

Franquia DuckBill modelo standard de franquias para shopping 

 

 

Para abrir sua loja neste plano você vai precisar de uma área mínima de 30m². 

O custo com equipamentos e instalações fica em torno de R$ 115.128,00 e o plano prevê 6 funcionários.

Considere ainda o investimento em estoque inicial de R$ 27.000,00 + o capital de giro de 40 mil. 

O prazo de retorno estipulado é de 18 a 24 meses e o lucro médio líquido mensal de 20%. 

O plano completo ainda tem os custos com marketing de inauguração e todas as taxas. 

Quer saber qual o perfil de franqueado da marca? Vamos deixar o contato aqui embaixo para você pedir uma apresentação completa! 

franquia duckbill

 

Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo