Quero Franquear Meu Negócio: 3 Primeiros Passos Essenciais

quero franquear meu negocio

Avalie o artigo

Eu quero franquear meu negócio, mas não sei por onde começar! Você também está nesse impasse? Pegamos todos os manuais de franchising e conseguimos tirar deles os 3 passos iniciais: sistematização de processos, formatação de franquias e plano de expansão. Confira!

 

Sua ideia, seu negócio, seu produto ou serviço está crescendo e apresentando cada vez mais potencial de mercado? 

Já deu certo e você quer muito expandir? Então veja se você tem todas as respostas para as próximas perguntas e se o teu negócio está mesmo preparado para o modelo de franquias. 

Um coisa é garantida, a expansão por meio de franquias pode ser vista como uma estratégia de crescimento a custos relativamente baixos. 

Atenção para o primeiro passo!

 

#1 Quero franquear meu negócio, mas seus processos estão sistematizados?  

 

Você vai precisar de verdadeiros manuais que vão servir de base e referência para seus futuros franqueados. 

Estes manuais dizem respeito a toda operação e estratégias do seu negócio.

Mesmo que você já tenha relatórios financeiros completos e organizados e uma dinâmica de operação consistente, outros manuais e normas como estes aqui embaixo precisam ser pensados. 

 

Para o franqueador 

 

  • Manual de treinamento;

 

  • Manual de seleção de ponto/avaliação de potencial de mercado;

 

  • Manual arquitetônico, de design e programação visual; 

 

  • Manual jurídico;

 

  • Manual do consultor de campo; 

 

Para o franqueado

 

  • Manual operacional;

 

  • Manual de produto;

 

  • Manual de marketing e promoção local;

 

  • Manual de vendas/relações com o usuário;

 

  • Manual do software;

 

  • Manual de qualidade;

 

  • Relatórios gerenciais e financeiros; 



#2 Planejar a formatação e a franqueabilidade do seu negócio

 

OK, temos uma sistematização dos processos? 

Mas, isso não necessariamente quer dizer que seu conceito de negócio é, de fato, franqueável. 

Podemos contar algumas condições que indicam, de modo geral, o quanto o seu negócio pode expandir pelo modelo de franquias

Um delas é fundamental, o potencial de mercado. 

Segundo o Sebrae existem 3 características de um segmento.  Em qual destes 3 você incluiria seu negócio 👇

 

O Mercado promissor

 

Você vai precisar realizar um estudo de mercado para justificar a criação de uma rede. 

Se apresenta crescimento, geralmente geram boas oportunidades.

A atenção é não saturar o mercado com um segmento em baixa.

 

Pense no Mercado durável

 

Segundo especialistas, existem produtos e serviços com ciclo de vida bem curto (brindes, artigos de moda etc.). 

Veja se o seu empenho vai valer a pena para os casos de desenvolver uma rede em um mercado efêmero. 

Os bens duráveis se mantém com níveis de crescimento anuais mais sólidos e o potencial de consumo é mais constante. 

 

Evite o Mercado vulnerável

 

Seu produto ou serviço depende muito de um único fornecedor específico, por exemplo? 

Se ele pode se comprometer com a ruptura do fornecimento ou por falhas no processo com fornecedores, pode ser um indicativo de risco. 

Após um estudo minucioso do potencial de mercado, pergunte-se: 

Quero franquear meu negócio, mas ele tem um know how inovador, específico ou constantemente atualizado? 

Conteúdo extra: OS SEGMENTOS MAIS RENTÁVEIS E AS 4 MELHORES FRANQUIAS PARA INVESTIR EM 2020

 

Detenção de um Know How de sucesso 

 

É nesta hora que colocar seu plano de expansão nas mãos de especialistas em crescimento por meio de franquias pode ser a melhor opção. 

Especialmente para uma consultoria sobre a franqueabilidade do seu negócio. 

Um franqueador que não acrescente nenhuma vantagem técnica, produtos específicos, nem algum know-how em particular pode ficar mais desafiador se distinguir de um fornecedor de bens e serviços comum. 

O seu know how vai ser melhor percebido por um especialista, mesmo que você, à princípio, não encontre o seu diferencial. 

Vale lembrar que a especificidade também conta e muito! 

Podemos citar franquias de revenda de bens ou serviços de moda ou de fast-food, que se justificam mais pela coerência e especificidade de seu sistema de distribuição do que pela originalidade de seus produtos, serviços ou processos. 

Há ainda aqueles  franqueadores que testam seu conceito com as novas unidades e por um período específico.

Neste caso, o Know How deve ser testado e continuamente atualizado.

Viu como um estudo especial para seu negócio é sempre necessário e, de preferência, do ponto de vista de um especialista? 

E lembre-se que outras condições também precisam ser consideradas para quem decidiu  franquear seu negócio.

Coloque na sua lista de planejamento mais este itens essenciais e que devem ser explorados com especialistas em expansão:

 

  • Política geral;

 

  • Estratégia do grupo;

 

  • Estudos de territórios;

 

  • Busca e formação de franqueados;

 

  • Lançamento de lojas;

 

  • Serviços de suporte operacional à franquia como publicidade, assistência comercial, contábil, compras, etc;

 

  • Controle orçamentário e jurídico;

 

  • Projeções financeiras;

 

  • Procedimentos de controle;

 

  • Documentação de venda;

 

Muitos detalhes, né? O David Pinto é especialista em expansão no setor de franquias e já transformou muitas marcas em grandes franqueadoras. 

Bons exemplos vem da MedicMais, Laser Fast, Duckbill, Pizzaria 430 Gradi e, segundo ele, enxergar o potencial de mercado e elaborar o plano de expansão é um trabalho detalhista de estudo de franqueabilidade.



#3 Elaborar seu plano de expansão para franquear seu negócio 



Um plano de expansão tem muitas vezes estreita relação com a formatação da sua franquia. 

Desde à criação dos manuais e pesquisas de mercado até a implementação e acompanhamento. 

A maioria das empresas passam por ajustes no desenvolvimento organizacional para que consigam franquear seu conceito. 

O resultado esperado é a elaboração de um plano de negócio.

Procure sempre uma consultoria em franchising para análise dos aspectos legais,

fiscais, contábeis, logísticos e qualquer outra características do seu perfil de negócio. 

Além do perfil ideal do franqueado e o que ainda precisa ser desenvolvido ou aprimorado. 

Até a fase de acompanhamento, existem uma lista de possíveis investimentos que um plano de expansão por franquias pode requerer. 

Vamos deixar uma lista especial para você dar aquele check naquilo que você precisa, de acordo com o seu negócio.

 

Lista de possíveis investimentos para franquias 

 

❏  Consultoria em franchising;

❏  Consultoria em planejamento estratégico;

❏ Consultoria em marketing;

❏ Consultoria financeira;

❏ Consultoria em Engenharia de Produção;

❏ Escritório de advocacia e de marcas e patentes;

❏ Escritório de arquitetura, design e/ou comunicação visual;

❏ Gerente comercial ou suporte à comercialização terceirizado;

❏ Serviços de geomarketing e pesquisas de mercado;

❏ Corretores de imóveis, administradoras de shopping centers;

❏ Consultoria em RH (recrutamento e seleção de pessoal)

❏ Assessoria em informática (hardware/software/serviços/web/SIG);

❏ Escritório de contabilidade e auditoria;

❏ Negociação com terceiros (seguradoras, corretoras…);

❏ Agência de publicidade e assessoria de imprensa;

❏ Assessoria em eventos (inauguração, feiras e convenções, Relações Públicas);

❏ Serviços de marketing no ponto de venda merchandising, vitrinismo);

❏ Consultor de campo ou suporte de gestão terceirizado;

❏ Serviços de auditoria de redes/de varejo;

 

Estes são alguns pontos iniciais para quem quer franquear seu negócio.

Para entender profundamente este mercado de franquias, o Grupo 10x, liderado pelo David Pinto, pode ser teu ponta pé inicial para realmente entender como pode ser possível franquear a sua marca de sucesso. 

Fale com a gente e conheça todas as etapas personalizadas para seu negócio!

 

que franquia abrir em cidade pequena


O que achou do artigo? Deixe seu comentário!

Avalie o artigo

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo